logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Trânsito - Cuide-se e cuide dos outros!

 EducACAO-NO-Transito

 

    Em plena Semana Nacional do Trânsito, o que não vejo é conscientização. Parece que a cada dia que passa as pessoas vão esquecendo o que aprenderam nos CFC’s, ao tirarem sua Carteira Nacional de Habilitação, e não é por falta de memória, e sim por puro desleixo.

    Já reparou que diversos acidentes acontecem apenas por falta de atenção, e por erros grotescos que nunca deveriam ser cometidos? Preste atenção em sua cidade, quantas vezes você já viu carros se ‘fechando’ porque um deles não ligou a seta (mais conhecida como pisca). Algo tão mínimo, que parece uma besteira, mas não é. Todas as funções em um veículo são importantes, desde o uso da seta, tomar cuidado com as luzes da sinaleira, freio, marcha ré, farol. Tudo tão simples, mas que em nosso cotidiano não funciona tão bem como gostaríamos.

    Nesta semana, tive a oportunidade de visualizar no facebook dois vídeos postados por Micheli Schuster, ela é instrutora prática do CFC Sorriso, do município de Carazinho, e muitos de vocês devem conhecê-la de longa data. Micheli fez duas ‘entrevistas’ breves, mas cheias de conteúdo, com uma mãe que perdeu um filho em um acidente de trânsito, e com uma criança, que falou com sinceridade o porque é importante tomar cuidado no trânsito. As duas entrevistas me comoveram, principalmente a da mãe, que quando questionada sobre o que mudou na família após a perda do filho, disse que nada é igual, que agora ela é uma pessoa pela metade, uma mãe pela metade. A família parou de se reunir aos domingos, porque sempre está faltando algo, e que a dor aumenta a cada instante que passa. Já a criança, com sua espontaneidade, logo citou que é importante todas as crianças usarem a cadeirinha, os adultos devem usar cinto, os pedestres precisam atravessar na faixa e na hora certa, um deve cuidar do outro.

    Agora me diz uma coisa, como uma criança sabe disso e aplica no dia a dia, e nós como adultos temos a capacidade de não cumprir com ações tão simples? Quem sabe por acharmos que somos os melhores no trânsito, mas não somos, acredite. Não somos os melhores motoristas, nem melhores pedestres.

    Você motorista! Não é porque dirige há ‘mil anos’ quer dizer que seja o melhor motorista, e também, não é porque você tirou a CNH há uma semana quer dizer que seja o pior motorista, isso não existe. Engana-se quem pensa assim. Isso serve para os pedestres da mesma forma, as regras são sempre as mesmas, mas é preciso que essas sejam cumpridas, para que nada de ruim aconteça e muitos olhos se encham de lágrimas.

    Quem nunca perdeu um conhecido para o trânsito? Atualmente, mais pessoas morrem nas estradas do que por idade avançada, e eu acredito que isso não está certo. Todos que se foram são ‘gente como a gente’, que foram tirados dessa vida de forma precoce, mas sua existência foi marcada, e ficará cravada na vida de quem sofrerá para sempre com a perda.

    Você já pensou em como é bom sair de casa pela manhã e voltar tranquilo e cheio de vida? Todos os dias ao acordar e sair da cama nosso pensamento deve ser invadido pelo zelo. Devemos zelar pela nossa vida e de nossa família e zelar pelos outros. Fazendo isso, muito pode ser mudado. São pequenas ações que fazem a diferença. E a diferença pode deixar seus dias mais felizes e completos. E lembre-se, para mudar a situação em que vivemos é preciso a ajuda de todas as partes, pedestres, condutores, passageiros, ciclistas, todos que se utilizam de vias.

    Não deixe que o trânsito tire a sua vida ou parte dela. Cuide-se e cuide dos outros!