logo fm91 logo 1500am whats-radio

NOTÍCIAS &... Cassi Dill 30.01

textossite

 

Gosto deste espaço no ABC, pois é aqui que aproveitamos para expor nossas ideias, sentimentos e perturbações. São considerações que, importantes ou não, deixam o público curioso e pensativo.

Na última terça-feira, 27 de janeiro, ocorreu um grave acidente na BR 287, em Santa Maria, que acabou com a vida de 6 pessoas e deixou uma ferida. O mais impressionante foram as infrações do motorista do Monza, que foram relatadas pela Polícia Rodoviária Federal:

Sete pessoas estavam dentro do veículo com capacidade para apenas 5 pessoas.

O motorista, de 29 anos, não possuía carteira de habilitação.

E foram encontradas latas de cerveja dentro do carro.

Informações: ClicRBS

Os acidentes de trânsito acabam com diversas vidas de maneira cruel, às vezes injustas, e sem aviso prévio. A cada ano, milhares de veículos são colocados em circulação, já é raro uma família possuir apenas um carro. Nas cidades grandes, a mobilidade urbana se torna um caos em feriados e finais de semana; e além de tudo isso, os acidentes crescem em números consideráveis, e muitos, fatais.

O acidente que citei acima é um grande exemplo de imprudência. Não basta o motorista não estar habilitado, carregar mais pessoas do que a capacidade do veículo, ainda, para agravar, possuir bebida alcoólica, o que indica (acredito eu), foram consumidas antes do passeio.

O trânsito é um parceiro cruel, pois sem mais nem menos, prega peças. A prudência sempre foi e sempre será a melhor alternativa para uma viagem segura. Nesse período de férias, que muitas pessoas viajam para conhecer novos locais, as estradas ficam mais perigosas, e notícias sobre acidentes são mais constantes.

Quando um motorista senta ao volante, muita responsabilidade está por trás de suas ações. Ainda mais, quando há passageiros que confiam nas mãos que conduzem os carros. A vida é muito curta para querer encurtá-la ainda mais. Regras são criadas para proteger àqueles que as desfrutam. Mais do que cuidar da sua vida, é preciso preservar a vida do outro.

Não há um dia em que se abra sites de notícias e não tenha acidentes. E o mais impressionante, é que a grande maioria ocorre por ultrapassagens proibidas, ou desrespeito às normas de trânsito. Será que as pessoas realmente acreditam que nunca vai acontecer nada se não cuidar dos seus atos? Será que, como no acidente de Santa Maria, esquecer da vida dos demais, não vai custar nada? Sim, porque no momento em que o motorista assumiu o volante sem habilitação esqueceu que aquelas vidas poderiam ser perdidas.

Você motorista, pense nos seus atos, pense nas vidas que dependem das suas mãos. O cuidado no trânsito nunca será demais. O que você prefere: chegar em casa tranquilo, inteiro; ou ficar na metade do caminho, sem saber se volta a rever sua casa? Pense. É chocante? Sim, sei que é a verdade. Se com conselhos e regras não pode-se melhorar a situação, é com a vida que alguns vão ter que aprender.

“Motoristas prudentes humanizam o trânsito, já os imprudentes... aterrorizam-no”. Pense nisso!

Bom final de semana! Cassiane Dill

Notícias &... 30 de janeiro de 2015.