logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Colono e Motorista

Amanhã é um dia especial, Dia do Colono e Motorista. Considero uma data muito significativa por vários motivos.

Um deles é que é através do colono e do agricultor que a cidade come. São eles que acordam cedo, enfrentam chuva e sol, calor e frio, para levar comida à mesa de muitas pessoas.

Fui criada no campo e sempre gostei de voltar até ele, respirar o ar puro, brincar com os animais, ajudar a tirar leite... coisas que quando eu morava no interior não dava tanta importância. Hoje, morando na cidade por questão de acessibilidade, penso que poderia aproveitar cada coisa simples da zona rural.

Me recordo do cheiro de terra molhada após a chuva, do aroma do pão de milho saindo do forno de barro, do silêncio - apenas cortado pelo som dos animais - da calmaria, de alimentar os animais, tirar leite.. Enfim, muitas coisas que marcaram minha infância, sem esquecer é claro das brincadeiras no paiol.

Também recordo de ver meus avós e pais acordando cedo, em dias de muito frio, pisando na geada, para ir tirar leite, tratar os animais; ou aqueles dias de calor infernal, e todos na lavoura plantando, colhendo ou cuidando da sua plantação.

Morar no campo é compromisso, ele não tira férias. É como os cidadãos da cidade, que tem horário para começar e parar de trabalhar.

Hoje as tecnologias auxiliam muito na vida do campo e engana-se quem ainda acredita que quem mora no campo é desatualizado ou fica de fora das notícias do mundo.

A internet chega na maioria das casas, a televisão por assinatura também é encontrada em algumas residências, os implementos agrícolas dispõe de tecnologia de ponta. Porém, o interior também sofre com os altos preços dos insumos, sementes e demais elementos necessários para uma boa colheita.

Olho para trás hoje, e percebo que eu não poderia ter infância melhor do que a que vive no interior.

As brincadeiras no potreiro, as frutas frescas tiradas do pé, o cheiro de campo... coisas que realmente fizeram a diferença em minha vida.

Se hoje eu gosto de voltar ao interior e buscar a simplicidade das coisas, é porque um dia alguém em ensinou isso.

Sendo no interior ou na cidade há sempre dificuldades, obstáculos a serem enfrentados; mas da mesma forma há suas vantagens.

Enquanto uns adoram outros odeiam, como em qualquer profissão.

O fato é que cada um tem seu jeito de viver, o modo como melhor se sente, sendo na zona urbana ou rural.

Eu adoro voltar às origens e compartilhar coisas simples, mas você, deve viver como se sentir melhor e fazendo as coisas que você gosta.

Bom final de semana!