logo fm91 logo 1500am whats-radio

Percebam a força do marketing. Ao nos referir a uma boa ideia, logo nos remete a cachaça 51, “uma boa ideia”, slogan construído para desenvolver uma campanha, que já faz um bom tempo, mas se popularizou de tal forma que toda vez que alguém se refere ao bordão nos vem em mente a marca 51.
Assim existem muitas “boas ideias” das mais diversas marcas, com a mesma popularidade e que ajudam nas vendas das mais diferentes marcas, sejam de produtos ou serviços. Porém, nem todas as ideias que temos são boas. Exatamente isso. Muitas vezes criamos algo que não cai na graça das pessoas e fatalmente cairá na vala comum do esquecimento. Mas se não criarmos, com certeza nada acontecerá e tudo será ao acaso, que não é a melhor maneira para se conduzir um negócio. Sempre serão necessárias inovações e muita criatividade, além de uma boa dose de ousadia.
Atualmente o mercado está cada vez mais concorrido, existem muitos produtos e serviços em oferta e todos os dias surgem mais e, como exemplo, podemos citar a enorme quantia de marcas de cerveja que estão no mercado. As marcas tradicionais e as concorrentes cervejas artesanais que não param de crescer no mercado e diga-se, muitas destas de excepcional qualidade. Às vezes, o fator determinante não é o preço, mas o apelo comercial que está por trás da marca.
Portanto, ter boas ideias atualmente é crucial, visto que o público consumidor tem cada vez mais acesso a novas informações, sem falar que boa parte da população, especialmente os jovens são ávidos por novidades. Boa parte daquilo que é velho vai morrendo.Têm marcas que resistem ao tempo, mas a tendência é submergir. Ou renova, ou fica pelo caminho. Infelizmente esta é a tendência. Assim a necessidade de “boas ideias” é cada vez mais urgente e necessária para manter a marca acordada.