logo fm91 logo 1500am whats-radio9

APOSENTADORIA - Idosa é vítima de golpe aplicado por falsa funcionária do INSS

dinheiro falso 720

A cidade de Rio Grande, no Sul do Rio Grande do Sul, já registrou dois casos de golpes aplicados com dinheiro falso. Uma das vítimas foi abordada em casa por uma mulher que se identificou como funcionária do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

A vítima de 77 anos estava sozinha em casa quando, por volta do meio dia, uma mulher de estatura baixa, de cabelos pretos e ondulados, e bem arrumada se apresentou como funcionária do INSS. Ela pediu para ver o número de série das cédulas sacadas da aposentadoria da idosa. Foi quando ela trocou o dinheiro verdadeiro pelo falso, provocando um prejuízo de R$ 1,2 mil.

“Ela foi fazer uma compra em um minimercado e disseram que a nota era falsa”, relata a filha da vítima. Sobre a golpista, ela a descreve como“bem arrumada, falava bem, conversava bem, bem atenciosa. Tem que ter esse alerta”, completa a mulher que preferiu não se identificar.

A Polícia Federal orienta que as pessoas procurem conhecer as características das notas no site do Banco Central. A principal diferença é a marca d’água. “É importante que as pessoas procurem saber como identificar cédulas falsas e também ter o conhecimento que o Banco Central ou o INSS jamais mandam servidores para verificar cédulas nas casas das pessoas. Quando as pessoas forem vítimas do crime de moeda falsa, é importante registrar a ocorrência o mais rápido possível na Polícia Federal para que se possa iniciar a investigação e tentar identificar os responsáveis pelo crime”, explica do chefe da Polícia Federal em Rio Grande, Gabriel Figueiredo Leite.

Ninguém foi preso pelo golpe, mas a Polícia Federal já tem pistas de quem seriam os autores. Nos primeiros cinco meses de 2016, mais de R$ 8 mil em notas falsas já foram apreendidas em todo o estado.

FONTE: G1