logo fm91 logo 1500am whats-radio

SEGURANÇA - Superintendência do Trabalho interdita parte das atividades do Aeroporto Salgado Filho

10789995

A Superintendência Regional do Trabalho (SRTE/RS) interditou parte das atividades na pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, após identificar série de falhas que causaram a morte do mecânico Adriano Luis Schuck, atropelado pelo trem de pouso de uma aeronave da TAM, em julho deste ano. As informações são da Rádio Gaúcha.

A interdição proibiu a utilização de tratores agrícolas para fazer o reboque dos aviões e operações sem o uso de equipamentos de segurança. Ainda proibiu realização de atividades na pista em dias de tempestade de raios. A interdição se aplica a todas as empresas que operam no Salgado Filho. De acordo com a investigação conduzida pela SRTE, a vítima não utilizava colete reflexivo, o que impediu que o mecânico fosse visto pelo tratorista que rebocava a aeronave. 

Também foi apurado que o trator era agrícola e improvisado no lugar de um trator aeronáutico, entre outras falhas. A interdição não deve prejudicar os voos do aeroporto. A reportagem aguarda o posicionamento da administração do Salgado Filho sobre o caso.

Acidente

O mecânico da TAM, Adriano Luis Schuck, estava abrigado embaixo de uma aeronave A320 enquanto aguardava a passagem de outro avião que também era rebocado. Após a passagem, o trator da TAM arrancou e o trem de pouso do avião passou sobre a perna da vítima, que não resistiu aos ferimentos.

*Rádio Gaúcha