logo fm91 logo 1500am whats-radio

SANTA CATARINA - Maré alta provoca alagamentos no litoral

balneario1 mary leal L8mkMHQ

A ressaca combinada com o pico da maré no início da tarde desta quinta-feira (15) fez com que diversos pontos no litoral catarinense ficassem alagados. Há registros em Balneário Camboriú, Florianópolis, Itajaí e Bombinhas. Não há previsão de um novo pico nesta quinta, informou a Central RBS de Meteorologia.

Veja galeria com imagens da maré alta

Na capital, a água afetava o acesso ao aeroporto Hercílio Luz por volta das 15h40, segundo o Central de Operações da Polícia Militar (Copom). Segundo informações da Infraero, carros maiores conseguiam acessar o aeroporto.

Até esse horário não havia voos com atraso ou cancelados por esse motivo. A recomendação é que passageiros entrem em contato com as companhias aéreas.

Ainda na capital, moradores retiravam água de um carro com garrafinhas (veja vídeo acima). Também foram registrados pontos de alagamento no bairro Rio Tavares, no Trevo da Seta, no estacionamento do CentroSul, na região central, além da Avenida Beira-Mar, SC-401 e Norte da Ilha.

Um parque de diversões itinerante, montado na região central da cidade, também ficou totalmente inundado. Segundo o Centro de Operações dos Bombeiros (Cobom) em Florianópolis, havia registro de alagamento na SC-405, no Sul da ilha, por volta das 15h30. 

Litoral Norte

Em Balneário Camboriú, conforme o Corpo de Bombeiros, toda a orla, incluindo a Avenida Atlântica, foi afetada pelas águas. Segundo os bombeiros, não foi preciso atender nenhuma ocorrência até as 14h.

Em Palhoça, na Grande Florianópolis,  também há ruas alagadas, conforme a Central RBS de Meteorologia.

Em Itajaí, no Vale, conforme a Defesa Civil, o funcionamento do ferry boat foi afetado pela maré alta. Segundo o coordenador Everlei Pereira, há ruas interditadas nos bairros Cordeiros, Bambuzal, Imaruim e em pontos do Centro.

Ainda segundo a Central, muitas praias estão na tarde desta quinta sem faixa de areia, como Ingleses, em Florianópolis, Cabeçudas, em Itajaí, e algumas de Bombinhas.

Ciclone vai se afastar

Conforme a Central RBS de Meteorologia, em algumas cidades litorâneas foram registradas ondas de dois a três metros. O pico da maré ocorreu entre 13h30 e 14h30. A tendência é que o ciclone extratropicalse afaste da costa ao longo do dia, deixando o mar menos revolto nas próximas horas.

 FONTE: G1