logo fm91 logo 1500am whats-radio

SAÚDE - Ministério vai apurar irregularidades na fila do SUS

    O Ministério da Saúde abriu investigação para apurar responsabilidades sobre esquema revelado pelo programa Fantástico, da TV Globo, que furava fila do Sistema Único de Saúde (SUS). Reportagem deste domingo (9) mostrou que políticos agilizavam atendimentos em diversos estados em troca de votos.

   No Rio Grande do Sul, um assessor do deputado federal Giovani Cherini (PR) foi flagrado participando do esquema.

    Em nota, o Ministério da Saúde considerou inaceitável qualquer irregularidade no SUS com objetivo de obter vantagens pessoais. Afirma ainda que a informatização da rede pública é necessária para dar transparência ao uso dos recursos públicos.

    O ministério afirma que "está em implantação um sistema de informação nacional para todos os serviços e, em 60 dias, os postos de saúde de todo o país devem adotar prontuário eletrônico e envio 100% digital das informações". 

     Sobre a fraude revelada na reportagem, a pasta garante que fiscalizará as irregularidades apontadas por meio do Denasus (Departamento Nacional de Auditoria do SUS). Contudo, explica que, pela legislação, a organização das filas é de responsabilidade dos estados e municípios. Também pede para denunciar irregularidades através do telefone 136.  

    INFORMAÇÕES: GAÚCHA