logo fm91 logo 1500am whats-radio9

IJUÍ - Universidade do RJ desiste de implantar curso de Medicina

EDUCACAO

 

     Escolhida como mantenedora para o novo curso de Medicina a ser instalado em Ijuí, a União dos Cursos Superiores SEB (Uniseb) não apresentou as garantias bancárias exigidas pelo Ministério da Educação (MEC) e foi excluída do processo. Ainda não há definição sobre uma eventual substituição por outra universidade. As informações são de Zero Hora.

    Pertencente ao Grupo Estácio, do Rio de Janeiro, a Uniseb manifestou-se oficialmente sobre o motivo da desistência por meio de nota oficial. "A Estácio esclarece que, considerando o tempo decorrido entre a expectativa inicial da divulgação do resultado e a sua efetiva divulgação, e por outras razões avaliadas – técnicas, financeiras, acadêmicas e logísticas –, concluiu que a operação não apresentaria as condições que garantiriam a viabilidade mínima e a oferta do curso com as condições de alta qualidade que caracterizam o padrão da instituição. Assim sendo, a Estácio comunica que optou por não seguir adiante no processo, e assim não assinar o termo de compromisso, etapa subsequente do Edital Mais Médico para ofertar o curso de Medicina", diz o comunicado.

    Previsto para operar já no começo de 2017, o curso de Medicina de Ijuí deveria oferecer 50 vagas. No entanto, segundo o MEC, não houve propostas classificadas para assumir o lugar da selecionada em caso de desistência.

   Com a desistência da Uniseb, Perondi afirma que a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí) torna-se a principal alternativa para a instalação do curso na cidade: "É uma universidade consagrada, ganhou nota 10 no primeiro edital, tem história na área da saúde. Ijuí tem um dos 10 maiores hospitais filantrópicos do Estado, o Hospital de Caridade, que tem um corpo clínico extraordinário", avaliou.

   Agora, o MEC tem 90 dias para finalizar o processo seletivo para a nova mantenedora em Ijuí. Há duas alternativas. A primeira seria avaliar a estrutura da Unijuí para que a universidade possa fazer uma oferta direta ao MEC para a abertura do novo curso. A segunda seria a abertura de um novo edital somente em Ijuí. Nesse caso, a Unijuí já anunciou oficialmente que irá se habilitar à disputa.

    INFORMAÇÕES: ZERO HORA