logo fm91 logo 1500am whats-radio

RS prevê 3,7 mil vagas em presídios

seguranca-lupa

 

A penitenciária de Bagé, na Região da Campanha, teve o prédio parcialmente interditado após uma rebelião ocorrida em dezembro. Este é um dos muitos estabelecimentos penitenciários com problemas no Rio Grande do Sul. A superlotação é apontada como a principal dificuldade do sistema carcerário gaúcho.

Por conta disso, o governo do estado anunciou que pretende criar 3,7 mil novas vagas. Entretanto, a efetividade de tal medida contra o crime é questionada.

Atualmente, 35 mil pessoas cumprem pena nas cadeias gaúchas, onde existem 24 mil vagas. O déficit, portanto, é de 11 mil vagas.

INFORMAÇÕES: G1