logo fm91 logo 1500am whats-radio

Dois acidentes deixam onze mortos em menos de 24 horas no Estado

 

Duas colisões duplas, registradas em menos de 24 horas, deixaram 11 mortos no Rio Grande do Sul. Um acidente foi na Metade Norte do Estado, próximo à fronteira da Argentina. O outro desastre foi na Metade Sul, em Pelotas. 

O acidente com maior número de mortes foi uma colisão entre um Siena e uma Parati, que deixou seis mortos na manhã deste domingo na BR-285, entre os municípios de Santo Antônio das Missões e São Luiz Gonzaga. De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, cinco dos mortos eram ocupantes da Parati: o motorista, identificado como Fabiano Irassoque Brum, 33 anos; Gisele de Oliveira Correia, 29 anos; Fabiano Ariel Correia Brum, oito meses; Gilson Irassoque Brum, 44 anos; e Rosalina Alvaraz Charão, 46 anos. Eles eram de São Luiz Gonzaga. O bebê não estava na cadeirinha obrigatória.

Já do Siena, com placas de Goioerê (PR), morreu o motorista, Vladinis Oliveira Miranda, 28 anos.

O outro acidente aconteceu nas proximidades de Pelotas, sábado de manhã. Uma colisão frontal entre um carro e uma carreta, com batidas secundárias em outros caminhões, deixou cinco mortos e dois feridos na BR-116, no sul do Estado. Os feridos foram resgatados das ferragens pelas equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros e encaminhados ao Pronto Socorro de Pelotas.

INFORMAÇÕES: GAÚCHA