logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Acidentes caem, mas somam 1.680 mortes em 2016 no RS

detran copy

 

O número tanto de mortos no trânsito, quanto de acidentes com vítimas no Rio Grande do Sul, caiu 3,2% e 0,8% respectivamente, de 2015 para 2016. Os dados de acidentabilidade, levantados pelo Departamento de Trânsito do estado (Detran-RS), foram divulgados nesta quinta-feira (16) durante um seminário promovido pela Federação das Associações de Municípios do estado (Famurs).

O levantamento mostrou ainda que as principais vítimas têm entre 30 e 49 anos de idade, e a maioria dos acidentes fatais ocorre dentro das cidades.

Em 2016, de janeiro a dezembro, as vidas de 1.680 pessoas foram ceifadas em 1.519 acidentes de trânsito. Em 2015, o número era de 1.735 óbitos em 1.531 casos. A meta do Detran para o ano passado era atingir o máximo de 1.813 vítimas fatais. Baseado nessa projeção, foram 133 óbitos a menos.

Apesar de ainda alto, é o menor índice de fatalidade, desde que foi adotada nova metodologia de levantamento estatístico, em 2007.

Conforme o Detran, na nova metodologia, passaram a ser computadas também as mortes ocorridas até 30 dias depois do acidente, seguindo definições da Organização das Nações Unidas (ONU).

No ano passado, o Detran registrou 587 acidentes fatais em vias municipais, 499 em estradas estaduais e 418 em rodovias federais.

INFORMAÇÕES: G1