logo fm91 logo 1500am whats-radio

MUDANÇA - Enem será aplicado em dois domingos

 

A edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá provas em dois domingos seguidos, dias 5 e 12 de novembro de 2017. Até o ano passado, o exame era feito em um único fim de semana - sábado e domingo.

Mudanças na prova foram anunciadas em entrevista coletiva pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, e pela presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pequisas Educacionais, Maria Inês Fini, na manhã desta quinta-feira (9). O edital será divulgado até dia 10 de abril e as inscrições serão de 8 a 19 de maio. O resultado final sairá em 19 de janeiro de 2018.

A mudança é resultado de uma consulta pública, aplicada entre 18 de janeiro e 17 de fevereiro deste ano. Dos total de 601.352 mil participantes, 42% votaram pela aplicação da prova em dois domingos diferentes. A opção para que a prova fosse em um domingo e em uma segunda-feira seguidos teve adesão de 34% dos votantes. Já o modelo atual, sábado e domingo, atingiu 23% dos votos.

Confira TODAS as mudanças:

Datas: o Enem passa a ser aplicado em dois domingos seguidos, e não mais em um único fim de semana. 

Provas: a redação passa a ser realizada no primeiro domingo, juntamente com linguagem, código e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos. No segundo domingo serão realizadas as provas de matemática e ciências da natureza e suas tecnologias, com 4 horas e 30 minutos de duração.  

Certificação: o Enem deixa de certificar o ensino médio, o que volta a ser feito pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja).

Cadernos de prova: os participantes receberão cadernos de questões personalizados (com nome e número de inscrição), juntamente com os cartões de resposta encartados na prova. Até 2016, os participantes recebiam o cartão de resposta separado e faziam a identificação com a cor de sua prova. Segundo o governo, os cadernos personalizados reforçam a segurança.

Atendimento especializado: a solicitação de tempo adicional deverá ser feita no ato da inscrição e não mais na hora da prova. As pessoas com deficiência terão que inserir um documento comprobatório que motive a solicitação.

Isenções: está mantida a gratuidade para concluintes do ensino médio de escolas públicas e pessoas contempladas pela Lei 12.799/2013. Passam a ser beneficiados também os cadastrados no CadUnico junto ao Ministério de Desenvolvimento Social e Reforma Agrária. O participante deverá informar, no ato da inscrição, seu número de Identificação Social (NIS). Até 2016, o benefício era concedido mediante autodeclaração e não havia nenhuma verificação. Ainda não foi definido o valor da taxa de inscrição.

Enem por escola: a partir de 2017 não haverá divulgação do desempenho por escola no Enem. Segundo o ministro da Educação, as instituições os rankings eram utilizados como forma de propaganda pelas instituições de ensino.

INFORMAÇÕES: GAÚCHA