logo fm91 logo 1500am whats-radio9

PASSO FUNDO - Cavaleiros entregam a centelha da Chama Crioula

29200 copy

Grupo, que percorreu mais de 500 quilômetros à cavalo, realizou a cerimônia de entrega do fogo tradicionalista para Passo Fundo e região.

Depois de percorrer mais de 500 quilômetros desde Mostardas, os Cavaleiros do Planalto Médio chegaram a Passo Fundo na manhã de quarta-feira (30) com a Chama Crioula. A chama, que será distribuída para todo o estado, foi acessa no dia 11 de agosto na cidade litorânea.

Um dos principais símbolos do movimento tradicionalista, a centelha é conduzida há treze anos pelos Cavaleiros do Planalto Médio, e a sua chegada representa o início dos Festejos Farroupilhas. A Chama Crioula foi levada até a sede dos Cavaleiros do Planalto Médio, onde ficará até o próximo domingo (3), quando acontecerá a fusão da centelha do Fogo Simbólico e da Chama Crioula para abrir oficialmente os eventos alusivos às comemorações de 20 de setembro.

O grupo chegou à 7ª Região Tradicionalista no domingo, quando foi recepcionado no CTG Laço da Amizade, da cidade de Casca, pela coordenadora Gilda Galeazzi e patrões de várias entidades tradicionalistas da região. Para o secretário de Cultura, Pedro Almeida, o ato representa manter viva uma tradição de grande relevância ao município. “É um momento importante para a cidade também, dentro das comemorações dos 160 anos do município, e receber os Cavaleiros do Planalto Médio, que também representam nossa cidade em tantos lugares em que eles passaram nesse trajeto da chama, deixa a gente agradecido por esse empenho deles de todo ano”, afirmou o secretário.

Os cavalarianos pernoitaram no dia anterior em Marau, na comunidade de Três Cerros, e a chegada ocorreu às 10h, em frente ao módulo da Polícia Rodoviária Estadual, na RS-324. Para a coordenadora da 7ª Região Tradicionalista, Gilda Galeazzi, o ato é um compromisso com a tradição. "Recebemos os cavaleiros após 577 quilômetros percorridos a cavalo. Tenho certeza de que tudo foi feito em nome da tradição gaúcha e da 7ª RT. Eles cavalgaram sob sol e chuva, deixando por 20 dias trabalho, família e amigos para buscar a centelha da Chama. Isto representa a continuidade do movimento e nossa tradição, um exemplo de honradez, comprometimento e responsabilidade", disse ela.

Um dos cavaleiros, Tiago, fez transparecer a exaltação de fazer parte do grupo: “É um orgulho imenso para nós ter há muitos anos esse convívio em nosso grupo, e é uma imensa honra trazer essa chama para a nossa região de Passo Fundo”, defendeu. Irajá Luiz Ferraz, que coordenou a cavalgada, exalta a honra em realizar anualmente o trajeto: “Nossa turma de cavaleiros são bastante corajosos, é uma honra poder contar com parceiros como eles, e concluímos hoje nossa jornada, depois de 21 dias de estrada. É um orgulho muito grande fazer isso representando a 7ª Região Tradicionalista e o município de Passo Fundo”, informou.

A chama crioula vai permanecer até domingo no parque da Roselândia na sede do grupo quando ocorre a fusão com fogo simbólico e a abertura oficial dos festejos farroupilha.  A partir da abertura as entidades tradicionalistas irão retirar sua centelha para iniciar a programação e os tradicionais cafés de chaleira, que antecedem o 20 de setembro. “Essa chama tem todo um simbolismo, de manter viva essa tradição do tradicionalismo em Passo Fundo, nas nossas entidades tradicionalistas, que a partir do dia 8 de setembro estarão fazendo suas rondas, e cada dia em cada CTG, em cada rancho, acendendo essa chama e convocando os seus associados, seus participantes, e seus tradicionalistas para que executem até o dia 20 a nossa semana farroupilha”, ressaltou o secretário Almeida. No dia 20 de setembro serão finalizadas as atividades com o desfile de cavalarias, o Desfile Farroupilha, e a Mostra da Cultura Gaúcha. Os dois eventos, pela primeira vez, irão acontecer na mesma data.

Fonte: Redação Diário da Manhã