logo fm91 logo 1500am whats-radio9

RS tem mais de 39 mil pessoas na fila por cirurgias eletivas pelo SUS

DAUDE

 

Pelo menos 39.158 pacientes gaúchos estão com uma cirurgia eletiva pendente no Sistema Único de Saúde (SUS). Alguns deles encontram-se na fila de espera desde 2009.

A situação foi revelada por um levantamento inédito do Conselho Federal de Medicina(CFM), que solicitou os números estaduais e das capitais por meio da Lei de Acesso à Informação. O CFM recebeu dados de 16 Estados e 10 capitais. Identificou um total de 904 mil cirurgias eletivas represadas. Em São Paulo, há pacientes que aguardam na fila desde 2005.

Dos Estados que repassaram seus números, o Rio Grande do Sul é o quarto com maior número de procedimentos pendentes. Os campeões de fila são Minas Gerais (434 mil), São Paulo (143 mil) e Goiás (55 mil). O Paraná, que tem uma população similar à do Rio Grande do Sul, apresentou números melhores (11 mil na fila). Estados importantes, como Santa Catarina e Rio de Janeiro, não disponibilizaram dados.

A cirurgia de catarata é a mais requisitada pelos gaúchos, totalizando 5.119 na fila. Para realização de tratamento cirúrgico de varizes, são 4.741 pacientes esperando. As mulheres também são as que mais esperam: são 23.038 versus 13.549 homens – outros 2.571 não têm sexo identificado. 

Entre os municípios gaúchos, a pior situação é a de Gravataí, que tem 7.376 pessoas na fila de espera, quase quatro vezes mais do que Porto Alegre (1.910).

Os municípios do RS com mais fila de espera:
Gravataí: 7.376
Porto Alegre: 1.910
Pelotas: 1.777
Canoas: 1.664
Farroupilha: 1.035
Bento Gonçalves: 914
São Leopoldo: 912
Santa Maria: 899
Venâncio Aires: 898
Santa Cruz do Sul: 689

 

Minas Gerais é o campeão de espera 

Os quase 40 mil gaúchos que aguardam por uma cirurgia colocam o Rio Grande do Sul na quarta colocação do ranking do CFM, ficando atrás somente de Minas Gerais, São Paulo e Goiás. Apesar de ser o segundo mais populoso do país, Minas é o primeiro colocado na lista, com 434.598 pacientes na fila. São Paulo tem 143.547, e Goiás 55.192.