logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Trio estelar concorre pelo prêmio feminino

FUTFEMBOLAOURO

 

Com uma jogadora de 35 anos, outra de 33 e uma terceira que já foi ganhadora nada menos do que cinco vezes como candidatas, o prêmio de Jogadora do Ano da FIFA de 2013 será com certeza vencido por uma figura histórica do futebol feminino.

As indicadas vêm de três regiões diferentes e contribuem com suas respectivas seleções com talentos muito variados. No entanto, o que a alemã Nadine Angerer, a brasileira Marta e a americana Abby Wambach têm em comum é uma longa história de inestimáveis serviços prestados a seus clubes e selecionados e à modalidade em geral.

Com a Gala da FIFA Ballon d'Or marcada para daqui a menos de um mês, o FIFA.com analisa detalhadamente este trio de estrelas que concorre à maior distinção individual do futebol feminino.

Nadine Angerer
Posição: goleira
Idade: 35 anos
Defende: seleção alemã e Brisbane Roar (Austrália)
Perfil: Arqueira confiável e com frequência inspiradora para a equipe, suas habilidades de defender a meta e organizar as companheiras permitiram que ela estabelecesse o modelo a seguir em sua posição.
Principais conquistas: Como o futebol é um esporte coletivo, Angerer acertaria ao listar os dois títulos da Copa do Mundo Feminina da FIFA (2003 e 2007) e o pentacampeonato da Eurocopa Feminina que conquistou. Neste ano, porém, também ganhou uma notável distinção individual como primeira atleta a receber o Prêmio UEFA de Melhor Jogadora da Europa.
Destaque em 2013: A grande atuação na vitória sobre a Noruega por 1 a 0 na decisão da Eurocopa deste ano, quando defendeu dois pênaltis e garantiu mais um título continental para a Alemanha.
A frase: "A Nadine foi a nossa melhor jogadora. Ela é a razão pela qual somos campeãs europeias", Bianca Schmidt, companheira de Angerer na seleção alemã

Marta
Posição: Atacante
Idade: 27 anos
Defende: Seleção Brasileira e Tyresö (Suécia)
Perfil: Jogadora veloz, habilidosa e dinâmica que apareceu como o maior talento nato de sua geração.
Principais conquistas: Os cinco prêmios de Melhor Jogadora do Ano da FIFA de Marta, ganhos entre 2006 e 2010, são uma marca que diz tudo. A brasileira também é coartilheira histórica da Copa do Mundo Feminina da FIFA, com 14 gols, mas espera superar Birgit Prinz no Canadá 2015 e se isolar na liderança neste critério.
Destaque em 2013: Neste ano, ela voltou a se estabelecer no exigente Campeonato Sueco. Mais recentemente, ajudou seu time a alcançar as quartas de final da Liga das Campeãs da UEFA pela primeira vez na história.
A frase: "A Marta sempre foi meu ídolo em campo e continua sendo. Ela sempre deu tudo pela equipe e marcou gols importantes", a espanhola Verónica Boquete, companheira de Tyresö

Abby Wambach
Posição: Atacante
Idade:
33 anos
Defende: seleção dos EUA e Western New York Flash
Perfil: Centroavante eficiente e altruísta que une atributos físicos a inteligência, valentia e um faro de gol afiado.
Principais conquistas: Além de ser a atual Melhor Jogadora do Ano da FIFA e primeira americana a receber o prêmio em dez anos, Wambach já recebeu seis vezes o prêmio de Atleta do Ano da Federação Americana de Futebol. Coletivamente, ganhou duas medalhas de ouro olímpicas – a primeira, em Atenas 2004, com uma dramática vitória sobre o Brasil graças a um gol seu aos sete minutos do segundo tempo da prorrogação.
Destaque em 2013: Com os títulos da Copa Algarve pelos EUA e da primeira fase do Campeonato Americano pelo Western New York Flash, este foi um ano produtivo para a artilheira. Mas seu maior feito foi em junho, quando ultrapassou a compatriota Mia Hamm e se tornou a jogadora que mais vezes marcou por uma seleção nacional no futebol mundial, com 158 gols.
A frase: "Não acho que exista ninguém que se compare a Abby no futebol feminino. Ela está em uma categoria à parte em qualquer lugar do mundo. Ninguém chega nem perto", Tom Sermanni, técnico dos EUA

 

FONTE: FIFA