logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Felipão sobre ponto obtido: “Temos que ficar no bolo”

thumb.aspx

O técnico do Grêmio Luiz Felipe Scolari não comemorou o empate em 1 a 1 na partida contra o Coritiba, neste sábado, mas considerou positivo pela necessidade de se manter próximo ao G-4 até as últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, o treinador lembrou que o grupo tem carências e que é preciso calma com os jovens jogadores que tem colocado na reta final do nacional.

“Não engano ninguém. Já disse que temos que estar no bolo até os últimos três jogos com um ou dois pontos para buscar alguma coisa. Senão, não adianta. Esse é o nosso espírito para jogar até lá. Temos uma equipe boa, mas não superiora as outras. Temos que manter os pés no chão”, afirmou Felipão. “Precisamos saber que, depois de sair perdendo por 1 a 0, tivemos boas chances, conseguimos empatar, mas, infelizmente, não tivemos a qualidade suficiente para vencer o Coritiba”, completou.

Apesar de exaltar o empenho dos jogadores na busca pelo empate até os últimos minutos do segundo tempo, Felipão lamentou sofrer o gol no primeiro tempo em uma jogada que foi trabalhada nos últimos dias. O treinador chegou a mudar a forma da equipe se defender nos lances de bola parada para tentar parar Leandro Almeida.

“Foi mérito do jogador, que todo mundo e o Brasil sabe que tem que marcar. Definimos uma marcação especial sobre ele. Não fizemos a marcação por escala, que sempre fazemos, e tiramos um jogador especialmente para marcar ele, que todos sabem que é bom na bola aérea. Houve a desatenção e sofremos o gol”, lamentou o técnico.

O domingo será de folga para o grupo de jogadores do Grêmio. Na segunda-feira, às 16h, o elenco se reapresenta para iniciar os treinamentos para o jogo contra o Vitória. A partida válida pela 32ª rodada do Brasileiro está marcada para sábado, às 21h, na Arena.

Fonte: site Correio do Povo