logo fm91 logo 1500am whats-radio

Inter projeta vaga antecipada com pontos fora de casa

thumb copia copia copia copia

Nas contas do Inter, mais quatro pontos devem ser suficientes para garantir a vaga na próxima fase da Libertadores. A ideia é trazê-los das duas partidas que o time tem fora de Porto Alegre na sequência — começando pela de amanhã com o Emelec. “Esses dois jogos são fundamentais, pois podem nos garantir a vaga de forma antecipada”, disse Diego Aguirre em entrevista.

O Inter embarca hoje rumo ao Equador com o time praticamente definido. E, em seu último treino no CT Parque Gigante, ontem, Diego Aguirre forneceu indícios claros de que mandará a campo para enfrentar o Emelec, amanhã, uma formação que pode ser caracterizada como uma retranca. Afinal, o time colorado contará com cinco defensores de ofício, além de dois volantes de contenção. Os únicos jogadores criativos da equipe serão Aránguiz, Alex e Eduardo Sasha.

O objetivo do técnico é jogar fechado e especular nos contra-ataques. O Inter, dentro do planejamento elaborado para a fase classificatória, contenta-se se arrancar um ponto do Emelec no Equador. “O empate é um bom resultado, pois vamos pontuar fora de casa, o que é muito bom”, admite o volante Nilton. Ele não aprova a palavra “retranca”, mas admite a postura retraída da equipe: “Não é uma retranca, mas é sim (um time) bem precavido. Vamos evitar sermos surpreendidos. Se tomarmos um gol, fica difícil de correr atrás do resultado, ainda mais em um jogo da Libertadores”, observa. 

No treino de ontem à tarde, o último antes da viagem, Aguirre trabalhou os movimentos da equipe com a seguinte formação — que deve iniciar contra o Emelec: Alisson; Ernando, Juan e Réver; Léo, Nico Freitas, Nilton, Aránguiz, Alex e Fabrício; Sasha.

Fonte: Correio do Povo.