logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Reflexos da 1ª derrota: defesa vaza após 500 min, mas Inter se cobra por mais efetividade

INTER

 

O Inter pisou o gramado do Estádio Centenário, nesta quarta-feira, orgulhoso de seu retrospecto sob o comando de Odair Hellmann. Ileso e com 100% de aproveitamento em 2018, o Colorado vinha de cinco jogos consecutivos sem ser vazado... Até ver sua solidez defensiva resistir apenas 35 minutos – com uma pitada de azar – na derrota por 2 a 1 para o Caxias, dono do melhor ataque e líder do Gauchão, passadas três rodadas. Ainda assim, o foco das cobranças e dos lamentos recaiu sobre o setor ofensivo, numa mobilização interna por mais efetividade na temporada.

A preocupação com a falta de pontaria ficou evidente no discurso afinado entre diretoria, comissão técnica e o único atleta a conceder entrevista, Edenílson, mesmo com os dois gols sofridos fora de casa. E mesmo que Danilo Fernandes tenha visto sua invencibilidade de 527 minutos (descontados os acréscimos) sem ser vazado cair por terra – o último tento havia sido sofrido no empate em 1 a 1 com o Vila Nova, na 35ª rodada da Série B, aos três minutos do segundo tempo.

FONTE: GLOBO ESPORTE